A mesma comissão informara na terça-feira que, de um total de mais de 1.500 casos assintomáticos que estão a ser isolados e monitorizados, 205 vieram do exterior.

As autoridades indicaram também que foram registados 36 novos casos confirmados da covid-19 no país continental, que exclui Macau e Hong Kong. Todos, exceto um dos novos casos, foram importados. Nas últimas 24 horas foram ainda registadas mais sete mortes.

Hoje, pela primeira vez, a China passou a contabilizar os casos assintomáticos na contagem oficial. Enquanto a proporção de pessoas que contraíram o vírus, mas permanecem assintomáticas, é atualmente desconhecida, os cientistas dizem que esses ‘portadores’ ainda podem transmitir a covid-19.

Como o surto doméstico na China a diminuir significativamente, alguns especialistas questionaram se a dificuldade em identificar casos assintomáticos poderia levar ao ressurgimento de infeções.

A China, onde o vírus foi detetado pela primeira vez em dezembro, registou um total de 81.554 casos e 3.312 mortes desde o início do surto.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 850 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 42 mil.

Dos casos de infeção, pelo menos mais de 170 mil são considerados curados.

Depois de surgir na China, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.