No mesmo período, de dia 22 até às 18:00 de hoje, foram encerrados 1.546 estabelecimentos, por incumprimento das normas estabelecidas, diz também o comunicado de balanço.

Em relação ao balanço de sábado, foi hoje detida mais uma pessoa, e mandados encerrar mais 37 estabelecimentos.

Os dados hoje divulgados, nota o comunicado do MAI, não contemplam as operações de fiscalização rodoviária, ou outras, realizadas ao longo do fim de semana.

As detenções deveram-se designadamente ao não cumprimento da obrigação de confinamento obrigatório e a "outras situações de desobediência ou resistência".

O MAI, "perante a imperiosa necessidade de todos contribuírem para conter o contágio da Covid-19, insiste no cumprimento rigoroso das medidas impostas pelo estado de emergência", diz-se no comunicado.

Um novo coronavírus, responsável pela pandemia da Covid-19, já infetou mais de 667 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 31.000.

Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 119 mortes, mais 19 do que na véspera (+19%), e registaram-se 5.962 casos de infeções confirmadas, mais 792 casos em relação a sábado (+15,3%).

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.