Com estes números, os Estados Unidos são o terceiro país com mais infeções, depois da China e da Itália, que registou 827 mortes nas últimas 24 horas.

A taxa de mortalidade pelo novo coronavírus no território americano é de 1,5%, embora se acredite que o número real de infetados seja muito maior.

O estado de Nova Iorque é o mais atingido pela pandemia, segundo os dados da Universidade Johns Hopkins, que calcula 280 mortes na cidade de Nova Iorque desde o surgimento do surto.

Depois de ser detetado na cidade chinesa de Wuhan no final de dezembro, o novo coronavírus matou 21.000 pessoas em todo o mundo.

Uma projeção partilhada com o Congresso no início deste mês estima que 70 a 150 milhões de pessoas possam ser infectadas com o vírus nos Estados Unidos, um país de 329 milhões de pessoas.

A principal causa de morte entre os americanos em 2018 foram as doenças ligadas ao coração, que de acordo com o último número oficial disponível, causou aproximadamente 650.000 óbitos, enquanto gripe e pneumonia causaram cerca de 60.000 mortes.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.