A DGS lançou o site Covid-19, onde os portugueses encontram resposta às perguntas “Covid-19, o que é”, “Estarei doente”, “Posso Viajar?”.

O microsite disponibiliza também uma área intitulada “Perguntas frequentes”, onde são dadas respostas às várias dúvidas levantadas como “o 2019-ncov é o mesmo que o SARS?”, “Como se transmite?”, Os animais domésticos podem transmitir a doença, “Quais os sinais e sintomas?” e “Qual o período de incubação?”

“Existe uma vacina?”, “Existe tratamento?”, “Os antibióticos são efetivos a prevenir e a tratar o novo coronavírus?”, “Qual o risco?”, “Como me posso proteger?”, “Como viajante, o que devo fazer?” são outras dúvidas esclarecidas pela DGS no ‘site’.

O ‘Covid-19’ tem também uma área com informação destinada aos profissionais de saúde com as orientações e os despachos sobre a infeção por SARS-CoV-2, doença denominada Covid-19.

O microsite disponibiliza ainda informação atualizada das áreas do mundo afetadas pela doença e da situação em Portugal, bem como os materiais de divulgação sobre a doença colocados em locais como unidades de saúde, portos e aeroportos.

A Diretora-geral de saúde, Graça Freitas, em conferência de imprensa esta sexta-feira, afirmou que dos casos suspeitos registados nas últimas horas, ainda há "sete ou oito" à espera do resultado das análises.

"Obviamente que daremos conhecimento de imediato se houver algum caso positivo", sublinhou, dando ênfase às medidas de prevenção dando especial atenção ao "afeto tão português”.

Em Portugal, todas as análises realizadas deram negativo para o novo coronavírus.

Uma atualização hoje feita pelo Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC), refere que já existem 815 casos do novo coronavírus (Covid-19) na Europa.

Entre estes, já se registaram 19 mortes, 17 das quais em Itália e duas em França.

Segundo o ECDC, verificaram-se até ao momento casos de Covid-19 em Itália (650), Alemanha (47), França (38), Espanha (25), Reino Unido (16), Suíça (oito), Suécia (sete), Áustria (cinco), Noruega (quatro), Croácia (três), Grécia (três), Finlândia (dois), Bélgica (um), Dinamarca (um), Roménia (um), Estónia (um), São Marinho (um), Holanda (um) e Lituânia (um).

A nível mundial, o Covid-19, detetado em dezembro na China e que pode causar infeções respiratórias como pneumonia, provocou pelo menos 2.858 mortos e infetou mais de 83 mil pessoas, de acordo com dados reportados por meia centena de países e territórios.

Das pessoas infetadas, mais de 36 mil recuperaram.

Também hoje, a Comissão Europeia anunciou a “aquisição conjunta de equipamentos de proteção” para os Estados-membros minimizarem a propagação do novo coronavírus.

(Notícia atualizada às 15:18 com declarações de Graça Freitas)

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.