O chefe de Estado fez a leitura com a mão direita sobre a Constituição, perante a presidente do Conselho Constitucional, Lúcia Ribeiro, que confere a posse.

A cerimónia terminará depois do discurso inaugural de Filipe Nyusi.

Cerca de 3.000 pessoas foram convidadas para a cerimónia, segundo a organização, num espaço vedado que ocupa a Praça da Independência, dominada pela estátua de Samora Machel, primeiro presidente de Moçambique.

Outras pessoas juntam-se fora da vedação, num evento transmitido em direto pelos principais canais de televisão do país.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.