Foi na madrugada de 11 para 12 de março que aquele que para alguns foi o dia mais estranho da história da NBA aconteceu: momentos antes de se lançar a bola ao ar para a partida que iria opor os Utah Jazz aos Oklahoma City Thunder, o jogo foi cancelado em virtude daquilo que depois se viria a confirmar como o primeiro caso positivo do novo coronavírus a afetar um jogador da liga.

Rudy Gobert, poste francês dos Utah Jazz), que numa conferência de imprensa que antecedeu a partida terá tentado fazer uma piada e/ou provar um ponto sobre uma eventual reação exagerada à pandemia do novo coronavírus, tocando em todos os microfones dos jornalistas presentes na sala antes de abandonar a conferência, foi infetado com o Covid-19 e a liga foi suspensa por tempo indeterminado, sendo reavaliada a situação no período de 30 dias. Donovan Mitchell (companheiro de Gobert na equipa de Utah) e Christian Wood (jogador dos Detroit Pistons) foram os outros casos positivos do novo coronavírus confirmados nos dias seguintes.

Depois disso, o chamado March Madness, um dos principais torneios do desporto americano que colocava frente a frente as melhores equipas de basquetebol universitário dos EUA (uma delas, Utah State Aggies, com dois portugueses no elenco, Neemias Queta e Diogo Brito), foi também cancelado.

Mais logo, a partir das 21h30 e em direto no Facebook do SAPO24, o João Dinis e o Ricardo Brito Reis discutem o futuro da NBA e do basquetebol no mundo numa emissão à distância (cada um estará em sua casa) mas onde, como sempre, todos estão convidados a participar e a deixar questões ou comentários na respetiva caixa.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.