“A possibilidade de retoma da competição sénior a partir de 22 de agosto tem primordial importância também para os compromissos internacionais das seleções nacionais, por forma a permitir a sua adequada preparação para a representação nacional”, recordam as várias modalidades, em comunicado conjunto.

Estas datas carecem ainda de serem aprovadas pelo Conselho de Ministros e publicadas em Resolução do Conselho de Ministros até ao final de julho.

As respetivas federações estiveram hoje reunidas, por videoconferência, com representantes da Direção-Geral da Saúde (DGS) e da Secretaria de Estado da Juventude e do Desporto a “finalizar a análise ao Protocolo Orientador de Regresso aos Treinos e Competições – Covid-19”, que permita consumar as pretensões destas modalidades.

Estas entidades revelam que foi concluído que “durante a atual fase de treino condicionado é permitida a partilha de bola nas modalidades coletivas de pavilhão, desde que garantida a sua repetida limpeza e desinfeção, mantendo-se a regra do distanciamento de três metros entre praticantes”.

Estas e outras medidas de prevenção serão publicadas na atualização à Orientação nº 030/2020 da DGS, que está a ser finalizada por este organismo.

As equipas de formação continuarão na atual fase de treino condicionado, aguardando pelo resultado da avaliação da retoma gradual dos escalões seniores.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 556 mil mortos e infetou mais de 12,36 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.646 pessoas das 45.679 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.