O futebol está diferente porque nas bancadas não há aquilo que o alimenta: os adeptos. Quem tem assistido aos jogos da Bundesliga, a liga profissional de futebol alemã, tem dado conta da sua falta. Há demasiado eco e não há qualquer chama provinda das bancadas. Ainda assim, várias são as soluções que estão a ser procuradas nestes tempos de pandemia.

No Japão, há uma aplicação que está a ser desenvolvida que vai permitir replicar as vozes dos espetadores em tempo real no estádio enquanto assistem à partida através dos seus smartphones. Segundo o The Guardian, num teste recente, os adeptos, espalhados por vários locais, puderam escolher entre uma série de opções no ecrã do seu dispositivo que lhes permitiu enviar aplausos, cânticos ou até os menos positivos boos para o Estádio Shizuoka Ecopa, com capacidade para 50.000 pessoas, através dos 58 altifalantes instalados entre os lugares vazios.

O novo coronavírus obrigou a muitas mudanças e adaptações. E fosse por via profissional ou familiar, a verdade é que a plataforma "Zoom" entrou nas nossas vidas de forma de rompante. Contudo, na Dinamarca, ajudou também a aproximar os fãs das suas equipas ou não tivessem milhares de adeptos presenciado o regresso da Liga ao apoiarem o Aarhus e o Randers através do "Zoom", retransmitido em ecrãs gigantes num dos lados do estádio, de bancadas vazias.

Mas então e por cá? O que é que se vai passar ou se está a planear? Sérgio Conceição, técnico do FC Porto, refere mesmo que jogar sem adeptos é a mesma coisa que comer "uma salada sem azeite, vinagre e sal. Não é a mesma coisa, mas se tivermos fome...".

Parece não existir espaço para muitas dúvidas de que há fome de bola. Portanto, aqui fica aquilo que cinco clubes prepararam para que os seus adeptos estejam presentes — mesmo estando longe.

1) FC Porto, #fcpjogamosjuntos

Entrar com tudo e entrar com todos. É assim que o FC Porto vai ao reduto do Famalicão.

O líder do campeonato já arranjou maneira da família azul e branca se manter unida. Para isso, há duas coisas a fazer: ficar em casa (ou noutro local com a devida distância de segurança e com todos os cuidados) e publicar nas redes sociais uma foto com a hashtag #fcpjogamosjuntos. Porém, para os adeptos que preferirem outra alternativa, há ainda a possibilidade de envia a sua fotografia para o WhatsApp do clube para o número +351 96 870 1893.

Paralelamente, a autarquia do Porto tem intenções de criar um drive-in no queimódromo, perto do Parque da Cidade, para que os adeptos dos 'dragões' possam assistir aos encontros dentro dos seus automóveis. Uma ideia semelhante ao que aconteceu na Dinamarca, esta segunda-feiranum encontro que opôs o FC Midtjylland e o AC Horsens. Nos parques de estacionamento do estádio foram instalados dois ecrãs gigantes, onde mais de 2.000 lugares foram disponibilizados para que os seus adeptos vissem o jogo.

"Aquilo que temos a certeza é que os adeptos vão querer ver jogos", disse Rui Moreira, citado pelo Jornal de Notícias. "Pareceu-nos que era muito interessante poder oferecer essa valência aos adeptos de futebol na cidade do Porto, tanto mais que vamos ter um jogo que nos preocupa e entusiasma desportivamente, mas preocupa sobremaneira. Vamos ter um F. C. Porto-Boavista na noite de S. João", adiantou ainda o autarca.

2) SL Benfica, #EstamosCá

A intenção passa por "aquecer o inferno da Luz". 

Como? Segundo o site oficial do clube encarnado, o adepto pode enviar o "cachecol da sorte, novo ou velho, aquele que te acompanha para todos os jogos da equipa", para cobrir os 65 mil lugares que compõem o Estádio. 

O cachecol pode ser entregue nas lojas oficiais do Benfica, nas Casas do Benfica e pode ser enviado por correio. Consulte todos os horários e a morada para onde o pode fazer aqui. 

3) Sporting CP, um filtro ao estilo Stromp

É com um novo vídeo que o "leão" desperta para a 1.ª fase — que no site oficial se apelida de O Regresso — desta retoma de atividades do futebol profissional. Segundo o clube, representa "o orgulho de ser Sporting" e marca a presença do sócio "num contexto extremamente desafiante para todos". 

No entanto, em maio, já tinha lançado "a primeira máscara de realidade aumentada do futebol português no Instagram". É ao estilo Stromp, com garras de leão.

Trata-se de um filtro, denominado "Verde e Branco", que pode ser usado nas stories e partilhado por todos aqueles que seguem a conta oficial do clube. Desta forma, "todos vão sentir que têm o Estádio José Alvalade em casa".

Saiba como aqui. 

4) Vitória Sport Club, "o lugar que é teu"

Não importa se estão dentro de castelos ou se as portas estão fechadas. Para os conquistadores, a cadeira é do adepto e o facto de o jogo se disputar à porta fechada não quer dizer que o mesmo não possa "estar no lugar" que é dele por direito. 

Assim, tendo em conta a situação inédita e complicada, o clube minhoto diz-se consciente que não pode ter pessoas nos seus lugares fisicamente, mas tal não impede que "continuem no estádio de alma e coração". 

Ou seja, um pouco como aconteceu na Bundesliga, onde o Borussia Monchengladbach decorou uma das bancadas do Borussia-Park com 12 mil figuras de cartão de sócios do clube, foi pedido aos vitorianos que enviassem uma fotografia sua para ser colocada na bancada. 

"Vamos jogar à porta fechada, mas vamos ter o estádio cheio como sempre", pode ler-se na nota. Para saber mais, é só ir aqui. 

5) Rio Ave, Sagres e a melhor Storie

Os vilacondenses querem entrar em campo com a força dos seus adeptos. O calendário ditou que vão jogar no seu reduto, mas as bancadas do Estádio dos Arcos vão estar como todos os outros da I Liga — vazias. Tal como o clube de Guimarães, o Rio Ave possibilita os adeptos de enviarem as suas fotografias para cobrirem as bancadas.

Então, o clube de Vila do Conde pede que se puxe pela criatividade. Mais concretamente, pediu aos seus adeptos que fizessem uma story de apoio à equipa. Pode ser uma frase, cântico ou até mesmo uma dança. Depois, é identificar o Rio Ave Futebol Clube e a Cerveja Sagres (ou enviar o teu vídeo para comunicacao@rioavefc.pt). 

O que se segue é que o vencedor pode entrar no vídeo de apoio que será transmitido no Estádio. Mas há mais: A melhor story ainda recebe uma camisola oficial do clube, assinada pelo plantel. 

Todavia, António Silva Campos, presidente do Rio Ave, fez mesmo um apelo: pediu aos adeptos para "não se deslocarem ao estádio em dias de jogo", de modo a minimizar a propagação da covid-19.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.