Durante o programa "Futebol Total", Pedro Sousa, moderador do painel de discussão e diretor do Canal 11, teve em direto Nanú, jogador de nacionalidade guineense.

O lateral-direito do Marítimo, recorde-se, foi responsável pelas duas assistências que valeram dois golos do clube insular na partida contra o Benfica, valendo a vitória ao clube madeirense na passada segunda-feira, 29 de junho.

Os passes para golo foram feitos depois de duas arrancadas pela lateral, o que levou Pedro Sousa a perguntar ao jogador: "onde é que aprendeste a correr assim?" Porém, antes do atleta responder, o responsável acrescentou ainda "Não foi a fugir à polícia, não".

Depois de ser partilhada nas redes sociais, a expressão foi alvo de acusações de racismo, por possivelmente conotar o tom de pele e a proveniência do jogador com problemas com a autoridade policial.

Como resultado da polémica, o Canal 11 publicou hoje um esclarecimento onde Pedro Sousa começou por fazer um pedido de desculpas pelo ocorrido.

A expressão por si empregue, explica o diretor do Canal 11, "desencadeou reações e interpretações de teleespetadores que se sentiram verdadeiramente ofendidos". "A essas pessoas, genuinamente, peço desculpa", começou por dizer Pedro Sousa.

O responsável acrescentou ainda que durante a manhã de hoje falou com Nanú e com representantes do Marítimo para "esclarecer a situação", agradecendo também a participação "excelente" do jogador.

"O 'Futebol Total' é um programa de televisão que, convém não esquecer, no seu painel fixo de comentadores não olha à idade, ao género, à cor, ao credo ou, tão pouco, à orientação sexual. O nosso único interesse é falar de futebol de forma positiva e que credibilize, não só o desporto, como todos os atletas envolvidos", defendeu Pedro Sousa.

"São estes valores que defendo e assim continuarei a fazer", disse ainda.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.