Em comunicado, o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP refere que “as revistas pessoais aquando da entrada” encontram-se “legalmente previstas” nas medidas de segurança aplicáveis a eventos desportivos” e que “as medidas de segurança a implementar são decididas em coordenação com o promotor do espetáculo desportivo, conforme o grau de risco determinado para cada evento desportivo, o que sucedeu no jogo em concreto”.

“As revistas pessoais, aquando da entrada nos recintos desportivos, visam prevenir a entrada de objetos proibidos e perigosos no recinto de jogo, contribuindo para a segurança de todos os participantes no evento desportivo, independentemente da sua condição”, pode ler-se na nota emitida pela PSP.

A força de segurança pediu ainda que os adeptos se desloquem “para os respetivos recintos com maior antecedência relativamente à hora de início” dos eventos desportivos.

Na quinta-feira, vários adeptos do Sporting, mais concretamente nas zonas em que estão situadas as claques ‘leoninas’, foram minuciosamente revistados na entrada para o Estádio José Alvalade, inclusive tendo lhes sido solicitado que retirassem o calçado.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.