Os campeões espanhóis colocaram-se em vantagem, através do uruguaio Federico Valverde, aos 14 minutos, mas, em apenas dois minutos, o argelino Aissa Mandi, aos 35, e o médio luso, aos 37, deram a volta ao marcador, ainda no primeiro tempo.

Na segunda parte, o brasileiro Emerson foi protagonista pela negativa, primeiro marcando na própria baliza e permitindo que o Real empatasse, aos 48 minutos, e depois sendo expulso, aos 67, ao derrubar Luka Jovic quando este seguia isolado para a baliza dos sevilhanos.

A reviravolta da equipa madridista foi consumada aos 82 minutos, numa grande penalidade convertida por Sergio Ramos, que, assim, deu aos ‘merengues’ a primeira vitória na liga espanhola e infligiu o primeiro desaire ao Bétis, que vinha de dois triunfos.

Depois de dois empates, a Real Sociedad conseguiu a primeira vitória e subiu ao terceiro posto, graças ao triunfo por 3-0 no terreno do Elche, que se estreou na competição.

Portu, aos 55 minutos, o belga Adnan Januzaj, aos 77, de grande penalidade, e Roberto López, aos 90+4, construíram o triunfo da formação basca, que soma cinco pontos, mais um do que o Valência, que empatou 1-1 na receção ao Huesca.

O conjunto ‘che’, que contou com o internacional luso Gonçalo Guedes entre os titulares, adiantou-se por intermédio do dinamarquês Daniel Wass, aos 38 minutos, mas o grego Dimitrios Siovas repôs a igualdade, aos 63, num encontro em que o lateral português Luisinho foi ‘lançado’ no Huesca, a 10 minutos do final.

No encontro que marcou o arranque da terceira jornada, Alavés e Getafe não desfizeram o ‘nulo’ (0-0).

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.