Vamos começar pelo próprio LinkedIn onde o CEO Jeff Weiner anunciou que iria sair de funções este ano, cedendo lugar a Ryan Roslansky que assume as funções a 1 de junho. Jeff Weiner liderou o LinkedIn durante 11 anos e, para já, fica como chairman. Mas há mais.

Ginni Rometty, CEO e presidente executiva da IBM desde 2012, também anunciou, no final de janeiro a sua saída. A gestora que estava há 40 anos anos na empresa (q-u-a-r-e-n-t-a) cede o lugar a Arvind Krishna que está na IBM há “apenas” 30 anos. Já não se fazem empresas assim.

Outra empresa com mudanças na liderança foi a Hulu, mas aqui é bem possível que a decisão não tenha sido bem do CEO Randy Freer, mas da Disney que é quem mais ordena e que procura unificar a gestão do negócio com os seus próprios quadros. A decisão, disse a Disney no comunicado que distribuiu, foi tomada com o objetivo de ajudar a “crescer rapidamente a presença fora dos Estados Unidos”.

Uma empresa e um negócio onde as mudanças seriam menos esperadas é a Uber Eats – mas também aconteceu. Jason Droege, o atual CEO sai e dá lugar a Pierre-Dimitri Gore-Coty, até aqui vice-presidente da Uber para os mercados fora da América do Norte. Jason Droege lançou a Uber Eats em dezembro de 2015, liderou-a até aqui e teve, claro, direito às palavras de gratidão do CEO da Uber, Dara Khosrowshahi: "A Uber Eats é uma grande parte do futuro da Uber e não acredito que nada disto tivesse sido possível sem o Jason”. “Isto” é um negócio em franco crescimento: 68% no último trimestre.

Na Mastercard também há mudanças, planeadas a um ano de distância: o CEO que há 10 anos lidera a empresa Ajay Banga, sairá no início de 2021 e será substituído pelo atual Chief Product Officer, Michael Miebach.

Este artigo faz parte da newsletter semanal "Admirável Mundo Novo", que todas as semanas reúne uma seleção de histórias sobre inovação, estratégia e curiosidades que acontecem no mundo das grandes e das pequenas empresas.

subscrição pode ser feita aqui, o mesmo local onde pode tomar a decisão inversa a qualquer altura.

 

E, last but never the least: a própria Disney comunicou a saída do seu mítico CEO Bob Iger. O anúncio foi feito a 25 de fevereiro e Iger será substituído por Bob Chapek, prata da casa e até aqui presidente da área de negócio dos parques de diversão. Iger teve a palavra e não deixou de lembrar o que será o seu legado. "Com o bem sucedido lançamento dos negócios ‘direct-to-consumer’

e a integração da Twenty-First Century Fox bem orientada, acredito que é a altura ótima para a transição para um novo CEO”.

Quem é o homem descrito pela CNN como a segunda pessoa mais importante na história da Disney a seguir ao próprio Walt Disney?

Para já, é o homem que continuará como chairman até ao final do seu contrato com a Disney em dezembro de 2021 – faltam 22 meses. Iger é um dos dos CEOs mais respeitados da América e sucedeu a Michael Eisner em 2005, estando há 15 anos à frente dos destinos da empresa. Quinze anos em que mudou muita coisa. Por ele passaram uma série de decisões de peso, citemos algumas das inesquecíveis e que mudaram o mercado de entretenimento: a compra dos Marvel Studios, Pixar e Lucasfilm. Não é coisa pouca. Depois, veio a compra da 21st Century Fox e, a terminar em grande, o lançamento da Disney+, a plataforma de streaming que se propõe disputar com a Netflix a liderança do mercado onde todos vêem o futuro.

Olhando para trás, e 15 anos é muito tempo, quase parece que tudo o que foi feito era para terminar aqui, como num bom filme. Porque é que sai agora? É a pergunta que muitos fazem. Falou-se de algum problema de saúde e, mais intensamente, da vontade do gestor de entrar na corrida presidencial. Ambas parecem, todavia, sem fundamento à data do anúncio. É esperar para ver.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Um artigo do parceiro

The Next Big Idea é um site de inovação e empreendedorismo, com a mais completa base de dados de startups e incubadoras do país. Aqui encontra as histórias e os protagonistas que contam como estamos a mudar o presente e a inventar o que vai ser o futuro. Veja todas as histórias em www.thenextbigidea.pt