"O comunicado da Comissão Económica para África das Nações Unidas e o subsequente apelo do Fundo Monetário Internacional e do Banco Mundial enfatiza a urgência de explorar opções para criar a muito necessária flexibilidade orçamental para os governos africanos e reduzir as pressões imediatas de financiamento", lê-se numa nota sobre o impacto do novo coronavírus nos países africanos.

Os analistas alertam que a situação "mostra a gravidade do impacto financeiro e macroeconómico do choque global trazido pelo novo coronavírus, que já está a ser infligido aos países africanos, e as pressões exercidas sobre os pagamentos da dívida no setor privado, que são incorporadas" nas análises de 'rating'.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.