Modelos matemáticos que prevêem o crescimento exponencial dos casos de Coronavírus no nosso país já há muitos. O que falta prever é como é que o nosso comportamento vai evoluir ao longo dos dias em que estivermos fechados em casa. Atentem então a estas previsões idiotas.

Em primeiro lugar, vamos olhar para o entretenimento. Têm sido divulgados inúmeras listas de filmes e séries que devemos ver durante a quarentena. Contudo, nem toda a gente consegue ser o Rui Pedro Tendinha, por isso a minha previsão é a de que as pessoas em breve comecem a ver filmes muito maus. Inicialmente, dedicar-se-ão a boas películas, mas a falta de frescura mental rapidamente levará o cidadão a optar exponencialmente por conteúdos piores.

17-3Um bom filme
18-3Um filme assim-assim
19-3Um filme médio
20-3Um bom filme que já vimos 5 vezes
21-3Uma comédia do Adam Sandler
22-3Um mau filme que já vimos 10 vezes
24-3Um filme português

Cá está. Se não forem tomadas as medidas necessárias, é até provável que na próxima terça-feira já estejamos a ver filmes portugueses.

Em segundo lugar, atentemos à alimentação. Com a despensa cheia e mão de obra disponível, os portugueses vão começar por caprichar na cozinha. Porém, ao longo da semana o desleixo vai invadir o espírito das mães e pais deste país.

17-3Coq au vin e sopa de cebola francesa; petit gateau com coulis
18-3Bacalhau à Brás
19-3Arroz com salsichas
20-3Ovos mexidos
21-3Duas latas de atum
22-3Pão com patê de sardinha
24-3Três bolachas Torrada e um wrap de papel higiénico

Seguimos para o convívio com a descendência. Com os filhos em casa, é natural que os primeiros dias sirvam para levar a cabo atividades arrojadas que normalmente não seriam possíveis, levando ao fortalecimento do vínculo pais-filhos. No entanto, à medida a que a semana avança, dificilmente conseguirão suportar a insaciável necessidade de diversão dos mais pequenos.

17-3Uma peça de teatro de família
18-3Fazer vários bolos com o filho
19-3Jogar Playstation, deixando-o ganhar
20-3Mandar uma bola para o filho ir apanhar
21-3Ensiná-lo a cuspir longe na varanda
22-3Jogar o jogo do sério durante 9 horas
24-3Fechá-lo na despensa

Depois, temos a questão das tarefas domésticas. É aconselhado comunicar à empregada que fique em casa, mantendo o pagamento do salário, mas como é que se compensa a falta dela? As minhas previsões são de que os standards de limpeza começarão bastante altos, mas rapidamente a vossa habitação iniciará um processo de pardieirização.

17-3Agora sem empregada temos de limpar tudo
18-3Agora sem empregada temos de pelo menos arrumar
19-3Agora sem empregada temos de dar um jeitinho
20-3Agora sem empregada no mínimo a sala tem de estar decente
21-3Agora sem empregada, vá, temos de pôr o lixo na rua
22-3Para quê arrumar a casa, se não temos visitas?
24-3Ao contrário da idade média, hoje temos sorte de não ter fezes em casa

Por último, importa abordar a relação com o cônjuge. Permitam que o gráfico fale por si.

17-3Bom dia, amor da minha vida!
18-3Bom dia, amor.
19-3Oi, querido.
20-3Olá.
21-2Tão.
22-3Hm.
24-3F***-se, este gajo outra vez?

Recomendações

Este artigo, de um matemático a sério.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.