“De 26 de dezembro a 24 de janeiro, as restrições em matéria de recolher obrigatório vão ser aplicadas novamente ao longo de todo o dia”, anunciou o Governo em comunicado, um endurecimento da medida que até agora vigorava entre as 20:00 e as 06:00.

Lojas e escolas vão voltar a ser encerradas até 18 de janeiro, enquanto as estâncias de esqui são deixadas ao critério das autoridades locais e regionais.

A partir de 15 de janeiro, apenas os residentes que se submeteram a testes antígenos podem retomar a vida social antes do levantamento geral das restrições em 24 de janeiro, segundo o Executivo.

“Durante a semana de 18 a 24 de janeiro, escolas, lojas e restaurantes vão ficar abertos a qualquer pessoa que tenha realizado um teste antigénico com menos de uma semana”, segundo o documento.

Professores, comerciantes em contacto com clientes e motoristas de transportes públicos vão ser testados semanalmente a partir de 18 de janeiro.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.662.792 mortos resultantes de mais de 74,8 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.