Com 19 anos, Auger-Aliassime já foi 17.º na hierarquia mundial, depois de um ano de 2019 em que entrou na 108.ª posição, e é um antigo campeão júnior do Open dos Estados Unidos.

O canadiano junta-se ao português João Sousa nas confirmações da prova, regressando após ter passado por Portugal em 2018, e explicou, citado pela organização, que tinha “sentido falta de jogar em Portugal em 2019″.

“Estou muito contente por poder regressar este ano. Só tenho boas memórias”, atirou.

Nascido em 2000, foi o mais jovem a entrar num quadro principal de um ‘challenger’, aos 14 anos, estreando-se no ‘qualifying’ do US Open em 2018, ano em que, no Estoril Open, caiu nessa mesma fase.

Foi semifinalista do Masters 1.000 de Miami em 2019, e chegou à finais dos torneios de Lyon e de Estugarda.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.