Em comunicado, a Câmara Municipal de Loures, no distrito de Lisboa, refere que se trata de um projeto “itinerante e de proximidade”, designado “Vacinação + Perto de Si”, destinado “sobretudo à população idosa (+ de 75 anos e depois por ordem decrescente) e com maior dificuldade de mobilidade”.

“Este projeto destina-se a aplicar o reforço da vacina contra a covid-19 e é dirigido, num primeiro momento, preferencialmente, a utentes com mais de 75 anos ou com dificuldades de mobilidade e que tenham tomado anteriormente vacinas da Pfizer, Astrazeneca ou Janssen", segundo a nota da autarquia.

A Câmara de Loures adianta ainda que para desenvolver este projeto “foi constituída uma equipa técnica qualificada, que se deslocará a diversos locais, abrangendo toda a área geográfica do concelho”.

“De segunda a sexta-feira, das 09:00 às 15:00, as equipas itinerantes deslocam-se às instalações indicadas pelas juntas de freguesia, de acordo com programação previamente definida para a administração das vacinas, a qual resulta da marcação feita pelos utentes através do 800 100 176”, indica a nota.

Segundo o calendário divulgado pela autarquia, a primeira localidade a receber este projeto itinerante será a Apelação (16 dezembro), seguindo-se Santa Iria da Azoia (17), Bucelas (20), Lousa (21), Sacavém (22), Unhos/Catujal (23), Bobadela (27), Moscavide (28), São Julião do Tojal (29), Fanhões (30), Camarate (03 janeiro), Portela (04), São João da Talha (05), Santo Antão do Tojal (06), Prior Velho (07) e Frielas (10 janeiro).

Portugal regista hoje mais 11 mortes associadas à covid-19, mais 5.800 infeções com o coronavírus SARS-CoV-2, que provoca a doença, e um aumento nos internamentos, segundo dados da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Os novos casos registados nas últimas 24 horas representam o número mais elevado desde 06 de fevereiro, quando foram contabilizados 6.132 contágios.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.