Diogo Cabral totalizou 75.100 pontos (37.800 pontos + 37.300 pontos) nas duas séries, sendo apenas superado pelo russo Vasilii Makarskii, que somou 77.400.

Portugal passou, assim, a contabilizar duas medalhas de prata nos Mundiais, depois do segundo lugar coletivo de sexta-feira no duplo minitrampolim, pelo conjunto formado pelo ‘repetente’ Diogo Cabral, Diogo Fernandes e Tiago Romão.

No que respeita ao trampolim individual, o olímpico Diogo Abreu conquistou um lugar na final, de domingo, ao ser sétimo nas meias-finais, com 59.000 pontos.

Diogo Abreu foi este ano 11.º classificado nos Jogos Tóquio2020.

Portugal participa ainda hoje nas finais de trampolim sincronizado feminino e masculino.

Portugal está representado nos Mundiais, que decorrem até domingo, por 22 ginastas, nas variantes masculina e feminina de trampolim, duplo mini-trampolim e tumbling, que pontuam para o concurso completo (all-around).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.