Portugal, habituado a receber as Taças do Mundo e, depois, os Open, recebe pela primeira vez um Grande Prémio, competição contratualizada no último ano com a Federação Internacional de Judo e que traz a Almada alguns dos melhores judocas mundiais.

A competição conta, desde logo, com cinco dos oito atletas portugueses que estiveram nos Jogos Olímpicos Tóquio2020, nomeadamente Catarina Costa (-48 kg), Telma Monteiro (-57 kg), Patrícia Sampaio (-78 kg), Anri Egutidze (-90 kg) e Jorge Fonseca (-100 kg).

Em relação aos Jogos, Portugal já não terá neste Grande Prémio a judoca Joana Ramos, que terminou a carreira de atleta e passou a integrar a equipa técnica da Federação, ou Bárbara Timo e Rochele Nunes.

Timo, que passou a competir em -63 kg, baixando dos -70 kg, foi recentemente operada a uma pequena lesão num dedo de um pé, e Rochele Nunes (+78 kg) ainda recupera da rotura de ligamentos e do menisco sofrida em outubro no ‘Grand Slam’ de Paris.

Na lista de 35 judocas portugueses inscritos, num misto de juventude e experiência, Jorge Fonseca, bicampeão mundial e bronze em Tóquio2020, é o nome mais forte, a par de Telma Monteiro, bronze no Rio2016 e múltipla medalhada no circuito internacional.

O Grande Prémio de Portugal decorrerá entre sexta-feira, 28 de janeiro, dia dedicado aos pesos mais leves, e domingo, a fechar a competição com as categorias mais pesadas.

Os 35 judocas serão acompanhados pela equipa técnica formada por Ana Hormigo, Pedro Soares, Marco Morais, Joana Ramos, António Saraiva e Jerónimo Ferreira.

Na competição são esperados cerca de 400 atletas, de 46 países dos cinco continentes, alguns dos quais da elite do judo mundial.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.