“O treinador português do Palmeiras fez história no Brasil ao vencer a Taça Libertadores, pelo segundo ano consecutivo”, assinala a LPFP no sítio oficial na Internet, lembrando a recente conquista na final com o Flamengo, disputada em Montevideu.

O antigo jogador, que pelo Palmeiras já conquistou duas edições da Taça Libertadores e uma Taça do Brasil, sucede a Cristiano Ronaldo, com o jogador a merecer em outubro a primeira distinção de um prémio que visa destacar jogadores e treinadores que trabalham no estrangeiro.

“Este prémio não é só meu, mas de toda a minha equipa técnica. E porque não partilhá-lo com todos os treinadores que, antes de mim, foram para fora e abriram portas a todos nós?”, sublinhou Abel Ferreira, citado pela LPFP.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.