O piloto português fez o seu melhor tempo em 1.37,816 minutos na 17.ª das 20 voltas que efetuou ao traçado andaluz na segunda sessão, melhorando meio segundo relativamente ao tempo que na primeira sessão, esta manhã, lhe valeu, também, o sétimo lugar.

O tempo de Oliveira foi 0,607 segundos mais lento do que o do mais rápido do dia, o italiano Francesco Bagnaia (Ducati), que bateu o francês Fábio Quartararo (Yamaha) e o espanhol Aleix Espargaró (Aprilia).

Com estes resultados, o piloto de Almada garante, provisoriamente, um lugar direto na segunda fase da qualificação (Q2), que se disputa no sábado.

Nota ainda para o 16.º lugar do espanhol Marc Márquez (Honda), o único piloto que não conseguiu melhorar o seu tempo da manhã.

O GP de Espanha de MotoGP é a quarta ronda da temporada e sucede ao GP de Portugal, ganho por Fábio Quartararo que, assim, ascendeu à liderança do campeonato.

Miguel Oliveira, que não pontuou no Algarve depois de sofrer uma queda nas primeiras voltas da corrida, chega à prova andaluza na 18.ª posição do campeonato, com quatro pontos e a 57 do líder.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.