Segundo os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), as exportações portuguesas de bens aumentaram 15,7% e as importações subiram 32,3% em novembro de 2021 face ao mesmo mês de 2020. Relativamente a novembro de 2019, período pré-pandémico, as exportações cresceram 15,1% e as importações 17,0%.

Considerando que estes são “resultados impressionantes”, Pedro Siza Vieira destaca que, no acumulado de janeiro a novembro de 2021, as exportações estão “5,2% acima” do mesmo período de 2019, “batendo, por isso, mais um recorde”.

“Estes números acompanham os dados, também hoje divulgados, do volume de negócios na indústria, que cresceu mais de 16,6%”, sustenta o ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital numa declaração enviada à comunicação social.

De acordo com Siza Vieira, estes valores são “compatíveis com o grande crescimento do emprego” — “temos hoje a população empregada em maior volume de sempre”, salientou -, e também com “o crescimento muito significativo do investimento empresarial”.

“Estes dados demonstram que as empresas portuguesas, numa conjuntura internacional que tem tido algumas dificuldades, têm sido capazes de conquistar quota de mercado e enfrentar da melhor maneira as dificuldades de abastecimento de matérias-primas ou de componentes críticas”, sustentou, rematando: “São bons dados para a recuperação da economia portuguesa”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.