De acordo com a organização, Ana Pessoa venceu o Prémio Llibreter de “Melhor Livro de Literatura Infantil e juvenil — Outras Literaturas” com a edição catalã de “Mary John”, enquanto Rita Sineiro é distinguida na categoria de “Livro Ilustrado”, com o livro “Filas de Sonhos”.

O Prémio Llibreter, que vai na 23.ª edição, é uma iniciativa do Grémio de Livreiros da Catalunha, sendo atribuído em várias categorias, e a votação é feita entre livreiros, a partir das obras editadas em catalão no ano anterior.

“Mary John”, ilustrado por Bernardo P. Carvalho, foi publicado originalmente em 2016 pela Planeta Tangerina e editado em Espanha pela L’altra tribu, estando também publicado no Brasil, nos Países Baixos e em alguns países da América Latina.

A obra é um romance em forma de carta, no qual a protagonista, uma adolescente chamada Maria João, se dirige a um amigo de infância, o Júlio ‘Pirata’, por quem teve uma paixoneta não correspondida. Na história há um momento de separação, com Maria João a mudar de cidade e a conhecer novos amigos, o que leva também a uma alteração do tom da narrativa, de um registo de mágoa e tristeza para alegria e humor.

Ana Pessoa, que nasceu em Lisboa e vive em Bruxelas, é uma premiada autora de livros para crianças e jovens, quase todos publicados pela Planeta Tangerina.

Além de “Mary John”, Ana Pessoa já publicou, entre outros, “O caderno vermelho da rapaiga karateca”, “Desvio”, “Aqui é um bom lugar” e o mais recente “A luz é grande”.

“Filas de sonhos”, de Rita Sineiro, foi ilustrado por Laila Domènech e publicado pela editora espanhola Akiara Books, fundada pela portuguesa Inês Castel-Branco e que publica habitualmente em português, castelhano e catalão.

O álbum é um conto ilustrado sobre a crise de refugiados rumo à Europa, através da história de um menino fechado num campo de acolhimento.

“Filas de sonhos” é a estreia literária de Rita Sineiro, mediadora de leitura e contadora de histórias natural do Porto.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.