Tom Brady e New England Patriots. Jogador e clube têm sido quase um só nas últimas duas décadas. Uma forte relação que chega agora ao fim com o anúncio feito através da conta de Twitter de Brady.

Depois de ter sido escolhido no draft em 2000, com o número 199, e, de desde então, só ter conhecido uma camisola, a pop-star do futebol americano garantiu que na próxima época vestirá as cores de outro franchise. Essa é uma certeza, embora se desconheça onde o veterano jogador de 42 anos irá jogar. “Apesar da minha caminhada no futebol vir a ter lugar noutro lugar, aprecio tudo aquilo que conseguimos e estou grato pelas conquistas incríveis da nossa equipa”, escreveu numa mensagem. “Fui privilegiado por conhecer cada um de vocês, e de ter as memórias que criámos juntos”, acrescentou.

Com o limite de caracteres do Twitter, Brady desdobrou-se em agradecimentos. Não esqueceu os “colegas de equipa, treinadores, executivos e staff, o treinador Belichick, RKK, a família Kraft (donos) e toda a organização”, nem os adeptos. “(Massachusetts) foi a minha casa nos últimos 20 anos. Foram as duas décadas mais felizes que podia desejar na minha vida e não tenho nada mais que amor e gratidão pelo meu tempo na Nova Inglaterra. O apoio tem sido esmagador. Gostaria que todos os jogadores pudessem experimentar. O meus filhos nasceram e foram criados aqui e sempre abraçaram este filho da Califórnia como um dos vossos”.

Brady, que completa 43 anos no verão, começou a carreira nos Patriots como 4ª escolha de quarterback. Aproveitou a lesão do titular, Drew Bledsoe, em 2001 e liderou a equipa ao SuperBowl nessa temporada. Ao lado do treinador, Bill Belichick, com quem estabeleceu uma parceria vitoriosa sem par, conquistou mais cinco títulos no jogo que decorre na noite em que a América não dorme, um record (seis títulos) que partilham com os Pittsburgh Steelers. O último conquistado em fevereiro de 2019, com Tom Brady então com 41 anos.

Numa América que gosta de se curvar perante as estatísticas, números é algo que não falta ao marido de Gisele Bündchen, modelo brasileira

326 jogos ao serviço dos Patriots, 285 na época regular e 41 nos playoffs, desde que debutou no ano de 2000, sendo de todas as vezes que pisou os campos, soma, em conjunto com a equipa, 249 vitórias.

Durante a era Brady, os New England Patriots somam 9 Super Bowls disputados e seis anéis, que correspondem a seis vitórias no jogo que opõe as duas conferências. Um record para os jogadores no Futebol Americano. Tom Brady foi eleito, ainda, por quatro vezes o MVP do grande jogo, um feito que mais nenhum jogador conseguiu até à data.

Entre os feitos contabiliza ainda 74.571 jardas e proporcionou, com os lançamentos feitos, 541 touchdowns.

Perante a notícia de saída do ente querido, Robert Kraft, dono dos Patriots explicou-se na ESPN: “Tivemos uma discussão positiva e respeitosa. Não é assim que quero que termine, mas quero que ele faça o que é do seu interesse pessoal. Depois de 20 anos connosco, conquistou esse direito. Amo-o como um filho”, sublinhou.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.