O Festival Varandas nasceu em 2012 e cruza teatro, música, poesia e novo circo, em eventos que transformam varandas em palcos de performances ao vivo.

A iniciativa, que agora acrescentou um "em casa", ao título promete uma programação cultural diversificada nas cidades onde se realizada — Lisboa, Porto, Évora e Braga.

Desta forma, o Festival Varandas em Casa convida os portugueses "a serem protagonistas e espetadores no seu bairro e nas redes sociais, neste período de isolamento social".

O festival, revela a organização em comunicado, quer "mobilizar, de forma solidária, artistas e criadores, profissionais ou amadores, para atuações e performances para todos os públicos e desenvolve-se reforçando o movimento #fiqueemcasa".

A programação divide-se em dois momentos. De manhã, a partir das 11h00, destina-se essencialmente aos mais pequenos com o "varandinhas".  Aqui, os mais novos têm entre 10 e 30 minutos para mostrar os seus talentos à janela, sejam eles cantar, dançar, ler ou declamar poemas. Da parte da tarde, a partir das 17:30, começa “os varandas”, para os mais velhos, com apresentações com duração entre 15 e os 45 minutos.

O evento propõe ainda que cada participante faça diretos da respetiva atuação, colocando as tag do festival (@festivalvarandas #festivalvarandas #festivalvarandasemcasa #euficoemcasa #ficaemcasa #stayathome #stayhome).

Para participar, basta inscrever-se através da página da organização no Facebook.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.