O voo 893 deveria ter descolado do aeroporto Charlotte Douglas na noite de segunda-feira, mas só o fez já na manhã desta terça, com os adolescentes a bordo.

Um atraso inicial de horas foi causado por problemas mecânicos, mas quando o avião estava pronto para descolar, teve início uma discussão entre tripulantes e o grupo de jovens, que se negavam a cumprir as normas federais, informou o canal local WSOC-TV, citado pela agência France-Presse.

O grupo era formado por cerca de trinta estudantes de Boston, que comemoravam a conclusão dos estudos. Já no dia seguinte, os jovens acabaram por aceitar usar a proteção, após passarem a noite no aeroporto. Ninguém foi detido.

O incidente reflete a redução da civilidade a bordo, segundo as companhias aéreas norte-americanas. Os sindicatos e federações do setor pediram no mês passado ao Departamento de Justiça que atue de forma sistemática contra a violência nos aviões.

Desde 1 de janeiro, foram reportados 3.271 incidentes envolvendo passageiros, 2.475 deles ligados a pessoas que se negavam a usar máscara, segundo a agência de aviação americana (FAA).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.