Em comunicado enviado hoje à agência Lusa, a direção da corporação destaca o "ato de honestidade" dos bombeiros Vítor Silva e Hugo Viana, classificando o caso como "um exemplo de dignidade, honestidade, e espírito de solidariedade pelo próximo".

"Tendo encontrado uma carteira com uma avultada quantia em dinheiro, fizeram o possível por identificar a proprietária da mesma, a quem devolveram a verba. São exemplos destes que nos engrandecem e fazem ter orgulho na bandeira que ostentamos", refere a nota.

Fonte da direção adiantou à Lusa que "a carteira que continha o dinheiro e cheques foi encontrada, no dia 21, pelos dois operacionais durante um serviço".

Fundados em 1881, os Bombeiros Voluntários de Viana são das mais antigas corporações do país. Contam com uma estrutura constituída por mais de 20 profissionais e cerca de 95 bombeiros.

A mulher que perdeu a carteira fez um agradecimento público aos dois elementos na página que a corporação criou no Facebook.

"Não tenho palavras para agradecer, pois eu teria de dar esse dinheiro à minha empresa. Sou comercial e esse dinheiro era das cobranças do dia. Ainda há gente muito séria. Vou ao quartel conhecê-los", lê-se no agradecimento publicado pela mulher.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.