Já é possível comprar carros da Tesla com bitcoin, informou Elon Musk através de uma publicação no Twitter.

De acordo com a Reuters, o facto de tal pagamento passar a ser permitido fez disparar o valor da criptomoeda. A Tesla já tinha indicado no início de fevereiro que planeava aceitar esta moeda virtual para o pagamento dos carros, mas não especificou quando o faria.

No site da fabricante de veículos elétricos, existem agora duas possibilidades: pagamento com cartão e através de bitcoins.

Contudo, a compra ainda não é possível em qualquer parte do mundo. "A possibilidade de pagar com bitcoins estará disponível fora dos Estados Unidos ainda este ano", escreveu Elon Musk.

Devido à extrema volatilidade das criptomoedas, a maioria das empresas que aceitam estes pagamentos converte imediatamente o valor recebido em dólares. No entanto, Musk indicou que a Tesla não o vai fazer.

Nos "termos e condições" da venda, a empresa esclarece que os interessados deverão pagar o equivalente em bitcoins ao valor expresso em dólares e que os clientes terão um prazo para efetuar o pagamento. Depois de expirado, o valor pode mudar.

A 15 de março, a bitcoin caiu para cerca 55.500 dólares (cerca de 46.500 euros), após ter atingido um novo recorde histórico poucos dias antes, perto dos 62.000 dólares (quase 52.000 euros).

Na altura, os analistas ligam essa desvalorização com a venda de bitcoins por parte do fabricante norte-americano de veículos elétricos Tesla e a um tweet de Musk, assinalando que a criptomoeda poderia estar sobrevalorizada.

Por outro lado, a compra de bitcoins pela Tesla foi um dos fatores que levou a criptomoeda a registar uma enorme valorização no mês de fevereiro.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.