A cidade de 11 milhões de habitantes, onde o vírus foi descoberto em 2019, está "a implementar rapidamente testes de ácido nucleico para todos os seus residentes", disse Li Tao, um alto funcionário local, a repórteres um dia depois de sete casos de covid-19 terem sido detetados.

As infeções foram detetadas em sete trabalhadores migrantes na cidade, dos quais quatro não apresentavam sintomas.

A China ordenou o confinamento de moradores de cidades inteiras, suspendeu o transporte interno e realizou testes massivos nos últimos dias para combater o seu maior surto de coronavírus nos últimos meses.

O país relatou 61 infecções locais esta terça-feira, com um surto da variante Delta, de rápida disseminação, que atingiu dezenas de cidades após uma série de infeções entre funcionários do aeroporto de Nanjing, que causou uma cadeia de infeções em todo o país.

Grandes cidades, incluindo Pequim, testaram milhões de residentes e isolaram prédios residenciais para conter o surto do vírus.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.