Além da presença de expositores, o certame - promovido pela Associação Portuguesa dos Antiquários (APA) - está a realizar um programa de atividades culturais, nomeadamente palestras e demonstrações de conservação e restauro, indicou à agência Lusa fonte da organização.

Com a presença de 21 expositores nacionais e quatro estrangeiros, a feira acolhe antiquários e galerias de arte, como António Costa Antiguidades, AR-PAB/Álvaro Roquette - Pedro Aguiar-Branco, Da Época, D’Orey Azulejos e Antiguidades, Espadim 1985, Galeria Bessa Pereira – Design e Arte, e a Gallery P&M Nachbaur.

Também participaram a Galeria São Mamede, Helder Alfaiate, Isabel Lopes da Silva, J. Baptista, Manuel Castilho, Manuela Gil, Manuela Lírio, Microarte Galeria, Miguel Arruda Antiguidades, Objetismo – Nuno Lopes Cardoso, Ricardo Hogan Antiguidades, Rota do Tempo – João Ramada, São Roque, e Zarco Antiquários.

Aos expositores portugueses, juntaram-se nesta edição duas galerias espanholas, Beatriz Bálgoma e a Galeria Theotokopoulos, e duas de origem francesa, as galerias Phillipe Mendes e Sylvie Tiago, ambas parisienses.

O certame é promovido pela APA, em parceria com o Museu Nacional de Arte Antiga, e conta com o Alto Patrocínio do Presidente da República, e com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa e do Turismo de Lisboa.

Durante a feira, a Fundação Ricardo Espírito Santo realiza diariamente demonstrações de conservação e restauro.

A Feira de Arte e Antiguidades de Lisboa vai funcionar hoje, domingo, entre as 12:00 e as 20:00.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.