Segundo Filipe Guimarães, as causas da morte estão a ser investigadas pela GNR, mas as circunstâncias detetadas pelos bombeiros parecem indicar que o homem, natural e residente no concelho, terá “caído de uma altura de cerca de quatro metros e batido com a cabeça, região onde apresentava diversos ferimentos”.

O responsável adiantou que na noite de domingo, cerca das 22:00, “uma moradora nas proximidades ouviu gritos pedindo ajuda, mas não conseguiu identificar a origem dos mesmos”.

O alerta aos Bombeiros de Arcos de Valdevez foi dado hoje, às 09:29, por uma jovem que passava junto ao ribeiro.

Ao local compareceram 10 operacionais e seis viaturas dos Bombeiros, GNR e a ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.