"[Os bombeiros] vão manter-se​​​​​​​ toda a noite e pela manhã… Vai ser até termos a certeza que aquilo [incêndio] não volta a acender", disse fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Faro.

A reativação, ao início da tarde de hoje, do incêndio que na quarta-feira deflagrou na freguesia de S. Clemente, mobilizava às 19:30 um dispositivo de 118 homens, apoiados por 32 viaturas e cinco meios aéreos, segundo a página de Internet da Autoridade Nacional de Proteção Civil.

Segundo a mesma fonte do CDOS de Faro, o combate às chamas continuava a ser dificultado pelo facto de estar a lavrar num terreno acidentado e com falta de acessos, o que não permitia aos bombeiros uma aproximação à frente de fogo.

Na quarta-feira, este incêndio, que deflagrou ao início da tarde, levou a sair das suas casas, por precaução, 53 pessoas​​​​​​​, que puderam depois regressar cerca das 22:30.

No entanto, segundo as autoridades, "hoje não há registo de pessoas a serem deslocadas", nem voluntariamente, nem por indicação das forças de Proteção Civil.

Pelas 21:45, de acordo com o CDOS de Faro, encontravam-se 99 operacionais apoiados por 34 viaturas no local.

Também esta tarde lavrou outro fogo no concelho de Loulé, em Besteiros, tendo sido dominado às 18:08.

(Notícia atualizada às 23:57)

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.