"Podemos confirmar que o sequestrador é o da Apple Store. Ele está deitado na rua e estamos a examiná-lo com um robô em busca de explosivos. Os agentes da polícia estão a fazer o controlo remotamente com armas de fogo. O refém está seguro", afirmou fonte da polícia.

Os motivos do sequestro ainda não são claros, e a polícia vai ouvir o depoimento das vítimas, que após a libertação foram para uma delegacia para prestar depoimento.

Vários vídeos, distribuídos nas redes sociais por moradores de Leidseplein, mostraram, através de uma janela, um homem segurando outro sob a mira de uma arma, embora a identidade dos envolvidos não seja clara.

“Há alguém com uma arma de fogo na loja em questão. A polícia está no local com muitas unidades especiais para controlar a situação", disse a polícia de Amesterdão.

Os meios de comunicação holandeses, incluindo a televisão pública NOS e a emissora local AT5, noticiam um assalto à Apple Store, que terá sido denunciado à polícia, e informaram que testemunhas relataram ter ouvido tiros dentro da loja.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.