Os Los Angeles FC revelaram ainda que tiveram de pagar 75 mil dólares (cerca de 70 mil euros) ao Inter de Miami, clube que também estava interessado no jogador, para garantir a prioridade na contratação.

De acordo com os regulamentos da MLS, cada emblema deve anunciar previamente junto da liga uma lista de jogadores em que está interessado durante o período de transferências, o que o Inter de Miami fez em relação a Bale.

O Inter de Miami tinha prioridade, porque somou menos pontos do que os Los Angeles FC, o que obriga a equipa a pagar para garantir a contratação do galês.

Gareth Bale, de 32 anos, terminou contrato com o Real Madrid no final da última temporada, encerrando uma ligação de nove anos ao emblema espanhol. Pelo meio, em 2020/21, esteve emprestado ao Tottenham, clube que tinha deixado em 2013 para rumar a Espanha.

Formado no Southampton, Bale jogou nos ‘spurs’ entre 2007 e 2013, tendo sido depois contratado pelo Real Madrid, por 100 milhões de euros, um valor recorde na altura.

Apesar de as primeiras temporadas nos ‘merengues’ terem sido profícuas, o galês acabou por sofrer várias lesões nos últimos anos, que lhe retiraram protagonismo. De resto, na época passada, realizou apenas sete partidas pelos campeões espanhóis.

Ao serviço do Real Madrid, o avançado conquistou três Ligas espanholas, uma Taça de Espanha, uma Supertaça espanhola, cinco Ligas dos Campeões, três Mundiais de clubes e duas Supertaças Europeias, num percurso que inclui 258 jogos oficiais e 106 golos com a camisola ‘blanca’.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.