Na grelha de partida esteve a mota do malogrado piloto e elementos da sua equipa, com os pilotos e diretores de equipa a perfilarem-se para um minuto de homenagem na frente da grelha.

Os elementos de outras classes cumpriram o minuto de silêncio nas boxes, que terminou com um aplauso de todos os presentes.

O piloto de 19 anos morreu hoje, após a queda no sábado durante a qualificação do Grande Prémio de Itália de Moto3, anunciou a organização.

“Depois do grave acidente na qualificação, é com muita tristeza que informamos da morte de Jason Dupasquier, piloto de Moto3”, anunciou a organização do Mundial no seu sítio oficial.

Jason Dupasquier sofreu no sábado um acidente na parte final qualificação de Moto3, que envolveu também o japonês Ayumu Sasaki e o espanhol Jeremy Alcoba, tendo sido assistido durante mais de 30 minutos na pista do circuito de Mugello, antes de ser transportado de helicóptero para o hospital.

O piloto, que foi atingido por uma das motas após a queda, ainda foi operado, mas não resistiu aos ferimentos sofridos.

“Apesar dos esforços do ‘staff’ médico do circuito e de todos os que atenderam depois o piloto suíço, o hospital anunciou que Dupasquier sucumbiu aos ferimentos”, acrescenta o documento, que envia uma mensagem de condolências à família, amigos e à equipa do piloto.

Dupasquier participava pelo segundo ano na categoria de Moto3 do campeonato do mundo de motociclismo de velocidade.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.