Na UE, os preços da eletricidade aumentaram de 21,3 euros por 100kWh no primeiro semestre de 2020 para 21,9 euros/100kWh nos primeiros seis meses do ano.

Os preços do gás para consumo doméstico, por seu lado, recuaram de 6,5Euro/100kWh para 6,4Euro/100kWh.

Portugal ocupa o oitavo lugar na tabela dos preços da eletricidade (20,8Euro/100kWh) para uso doméstico e o terceiro na do gás (7,6Euro), tendo, em ambos os casos, recuado face aos 21,2 euros e 7,8 euros registados no mesmo período de 2020.

De acordo com o gabinete estatístico europeu, o preço da eletricidade baixou em Portugal de 21,2Euro/100kWh para 20,8Euro/100kWh e o do gás de 7,8Euro/100kwh para 7,6Euro/100kwh e, em ambos os casos, incluindo taxas e impostos.

Entre janeiro e junho, face ao mesmo período de 2020, os preços da eletricidade para consumo doméstico aumentaram em 16 Estados-membros, com a Alemanha a apresentar os mais altos (31,9Euro/100kWh), seguida da Dinamarca (29Euro), a Bélgica (27Euro) e a Irlanda (25,6Euro).

Por seu lado, a Hungria (10Euro/100kWh) registou o menor preço da eletricidade doméstica, seguida da Bulgária (10,2Euro) e Malta (12,8Euro).

No que respeita aos preços do gás natural para consumo doméstico, estes recuaram em 20 dos 23 Estados-membros que enviam dados para o Eurostat, com a Lituânia (2,8Euro/100kWh), a Letónia (3Euro) e a Hungria (3,1Euro) a cobrarem os menores preços aos consumidores e os Países Baixos (9,6Euro), a Dinamarca (9Euro) e Portugal (7,6Euro) a apresentarem os custos mais altos entre os Estados-membros.

O Eurostat divulga em abril de 2022 os dados para o segundo trimestre de 2021.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.