A informação divulgada pelo gabinete do secretário Regional da Saúde e Proteção Civil da Madeira refere que as vacinas contra as gripes já estão a ser administradas a pessoas consideradas de grupos prioritários.

No documento, a tutela enuncia que estão a ser vacinados os profissionais de saúde, da proteção civil, da área social, grávidas, utentes da rede regional de Cuidados Integrados, das unidades de internamento de longa duração, cuidadores informais, ajudantes domiciliárias e colaboradores de creches e jardins de infância.

A nota do Governo Regional acrescenta que a vacina é gratuita e abrange igualmente as pessoas com idade igual ou superior a 60 anos, doentes crónicos e imunodeprimidos (a partir dos 6 meses de idade).

Os utentes podem aceder aos centros de saúde para receber a sua vacina contra a gripe e contactar a linha SRS VACINAS através do número 800 210 263.

As autoridades de saúde alertam que “com a vacinação contra a gripe a decorrer em simultâneo, é recomendado um intervalo mínimo de duas semanas” entre as duas inoculações.

Outro aspeto destacado é que “a vacina contra a gripe não protege contra a covid-19 e vice-versa” e que esta deve ser tomada todos os anos.

As pessoas consideradas de grupos de risco abrangidos pela campanha de vacinação contra a gripe têm direito a ser inoculadas gratuitamente, salienta.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.