Esta posição foi transmitida por António Costa na rede social Twitter, depois de ao final da tarde de hoje se ter reunido com o antigo chefe do Governo português (1995/2002) e atual secretário-geral das Nações Unidas no Altice Arena, em Lisboa, onde decorre a 2.ª Conferência dos Oceanos da Organização das Nações Unidas (ONU), coorganizada por Portugal e pelo Quénia.

“No encontro com o secretário-geral das Nações Unidas reafirmei o compromisso de Portugal com a ONU e com a agenda dos Oceanos. Temos de responder ao repto do secretário-geral. É importante que de Lisboa saiam ações drásticas para enfrentar a emergência oceânica”, escreveu António Costa.

Antes desta reunião com António Guterres, que durou cerca de uma hora, o primeiro-ministro português teve também um encontro com o seu homólogo norueguês, Jonas Gahr Støre, no âmbito da 2ª Conferência dos Oceanos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.