De acordo com o site Downdetector, registaram-se falhas desde cerca das 17h15. Por volta das 18h17 a atividade das redes sociais foi retomada na generalidade dos casos.

No que diz respeito ao WhatsApp, mais de 4.700 utilizadores deram conta de falhas, bem como mais de 3.400 quanto ao Instagram. O Facebook foi a rede social que apresentou menos falhas, com cerca de 350 utilizadores a darem conta de alguma ocorrência.

Utilizadores na América do Norte e de outras partes do mundo, incluindo em Portugal, informaram acerca de problemas com os serviços de mensagens do Facebook, bem como no Instagram, também detido pela empresa liderada por Mark Zuckerberg.

De acordo com o Downdetector, que informa acerca cortes de serviços digitais através de reportes de utilizadores, o 'apagão' chegou a afetar 90% de utilizadores de Whatsapp em todo o mundo.

A quebra no serviço afetou vários dos serviços mais populares da internet, sendo o Whatsapp o principal método de comunicação das pessoas em todo o mundo.

O Whatsapp tem cerca de 2.000 milhões de utilizadores mensais ativos, o que a torna na aplicação de mensagens mais utilizada no mundo.

Até ao momento, a página do Facebook que comunica o estado dos seus serviços e aplicações para programadores ainda não comunicou qualquer problema sério e assegura que o estado do Facebook é "saudável".

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.