Segundo Raúl Curva o "ouro e o dinheiro foram furtados da sacristia" do templo, situado na freguesia de Monserrate.

O alerta às autoridades foi dado cerca das 10:00.

O segundo comandante da PSP explicou que "por se tratar de um crime público foi participado ao Ministério Público, estando a investigação a cargo do comando local".

Contactada pela agência Lusa, fonte da paróquia de Monserrate adiantou ser prematuro quantificar os prejuízos, "sem antes estar concluída a verificação detalhada do inventário do templo".

A mesma fonte revelou que o assalto, "foi efetuado a partir de uma janela de um anexo da igreja" e que "o interior do templo se apresentava muito revirado".

"Foi a primeira vez que a igreja foi assaltada. Nunca tinha acontecido", destacou a fonte.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.