"Com texto de Fumiko Takeshita e ilustrações de Naoko Machida, 'O Gato Que Queria Ter um Nome' venceu o Grande Prémio de Ilustração do Japão e foi eleito Livro do Ano por várias publicações internacionais de prestígio", refere a editora Alma dos Livros em comunicado.

Este livro infantil — mas para todas as idades — "tem como protagonista um gato de rua e o seu desejo simples de ter um nome".

"Em pequeno era o gatinho, agora é apenas gato. Porém, ao contrário dele, todos os gatos da vizinhança têm um nome. O gato do sapateiro é o Leão, o da livraria chama-se Mestre e os dois gatos da padaria são a Côdea e o Miolo. Alguns até têm dois nomes! Só ele é que não tem nenhum! E é triste não ter um nome, ninguém que o chame nem lhe dê colo. É triste não ter uma casa", pode ler-se.

Contudo, como a história pede, há um dia em que " o gato encontra aquilo que realmente procurava sem saber".

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.