“Devido à dificuldade em assegurar a escala de pediatria, o bloco de partos da unidade hospitalar de Portimão encontra-se encerrado até às 09:00 de segunda-feira”, indicou o Centro Hospitalar Universitário do Algarve (CHUA) numa nota enviada à agência Lusa.

De acordo com a administração do CHUA, as urgências de Ginecologia e de Obstetrícia “continuam a ser asseguradas” na unidade de Portimão para grávidas até às 22 semanas de gestação.

No texto, o CHUA adianta que o nível 2 do Plano de Contigência “prevê esta reorganização, assegurando uma resposta assistencial coordenada” entre as duas unidades hospitalares no distrito de Faro, “garantindo, assim, a segurança dos serviços prestados a nível regional”.

O fecho do bloco de partos do Hospital de Portimão, durante todo o fim de semana, ocorre pela terceira semana consecutiva.

A causa do problema tem sido sempre a mesma, ou seja, a falta de médicos de pediatria de forma a assegurarem as escalas nas urgências aos fins de semana.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.