O japonês de 33 anos, que ganhou um total de 28 medalhas, anunciou o abandono num comunicado divulgado pelo seu gabinete de representação e publicado no ‘site’ do atleta.

“Uchimura explicará detalhadamente a sua retirada numa conferência de imprensa nos próximos dias”, acrescenta-se na mesma nota.

O nipónico ganhou ouro em Londres 2012 e Rio 2016, e conquistou por seis vezes o título de campeão mundial: 2009, 2010, 2011, 2013, 2014 e 2015.

Considerada uma lenda, Uchimura nasceu em 1989 na cidade de Kitakyushu, no sudoeste do Japão, e pisou pela primeira vez o aparelho aos três anos de idade.

Ganhou um total de 28 medalhas na história da ginástica, incluindo sete em competições olímpicas e 21 em campeonatos mundiais.

Os Jogos Olímpicos de Tóquio foram o quarto e último Jogos Olímpicos para Uchimura, um dos maiores ginastas da história, embora uma queda na trave o tenha eliminado da final.

A sua última competição teve lugar em outubro no Campeonato Mundial de Kitakuyshu, na sua cidade natal, mas também não conseguiu manter o título.

“Eu não podia fazer mais. Sinceramente, sinto que dei tudo de mim. Penso ter sido capaz de transmitir aos espetadores o quão maravilhosa é a ginástica”, disse à agência noticiosa local Kyodo após a sua última atuação numa competição desportiva.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.