A ‘vecchia signora’ adiantou-se no marcador logo aos 10 minutos, pelo avançado sérvio Dusan Vlahovic, após assistência do internacional espanhol Álvaro Morata, que ‘assinaria’ o segundo aos 36, mas a Lazio recuperaria a desvantagem na segunda parte, graças a um autogolo do lateral esquerdo brasileiro Alex Sandro e a um tento do médio sérvio Sergej Milinkovic-Savic, aos 90+5.

De assinalar o último jogo disputado por Chiellini com a camisola alvinegra em casa, a despedida do argentino Paulo Dybala, outro protagonista da noite cujo futuro não passa pela Juventus, e o apuramento da Lazio para a Liga Europa da próxima época, graças ao ponto hoje conquistado em Turim, o que significa que parte para a última jornada com o lugar assegurado.

Os dois restantes lugares europeus, um na Liga Europa e outro na Liga Conferência Europa, vão ser disputados na última jornada entre a Roma, de José Mourinho, sexto classificado, a Fiorentina e a Atalanta, sétimo e oitavo, respetivamente, somando a equipa romana 60 pontos e as restantes 59.

O autor do primeiro golo da partida, Vlahovic, imitou a clássica comemoração de Dybala, com a mão na cara a representar uma máscara, em homenagem ao jogador argentino, e de seguida correu a abraçar Chiellini.

O histórico central da Juventus e da seleção italiana foi substituído aos 17 minutos, número correspondente aos anos em que está no clube, para que o estádio aplaudisse o capitão, com Dybala a sair já na segunda parte para também se despedir dos adeptos.

No outro jogo do dia, a Fiorentina foi derrotada por 4-1 na visita à Sampdoria, beneficiando a Roma na luta pelo lugar na Liga Europa.

Ferrari, Quagliarella, Thorsby e Sabiri marcaram os golos da Sampdoria, que está em 15.º com 36 pontos, com González a apontar o único tento da Fiorentina.

Entretanto, o campeão só ficará definido na derradeira jornada, bastando ao AC Milan um empate no terreno do Sassuolo para alcançar o título, com o Inter, que recebe a Sampdoria, a espreitar uma escorregadela do rival da mesma cidade, para revalidar o cetro.

O AC Milan soma 83 pontos, mais dois do que o Inter, mas basta-lhe um empate porque no confronto direto com o rival leva vantagem, uma vez que empatou a um golo na condição de visitado e venceu por 2-1 na condição de visitante.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.