“Vai ser um jogo especial, sem dúvida. O FC Porto é a casa que me criou. O nome Sousa vai estar sempre ligado à história do FC Porto. Vai ser especial, mas é um jogo em que não vou abdicar das minhas convicções e vou defender o Mafra até à minha última gota de suor”, garantiu o treinador do Mafra, que, como jogador, vestiu a camisola dos ‘azuis e brancos’.

Sobre o trajeto do Mafra na prova, depois de os ‘saloios’ terem chegado às meias-finais na última época, Ricardo Sousa admitiu que preferia não enfrentar já uma equipa da dimensão do FC Porto, mas deixou a garantia de que o conjunto da II Liga vai lutar por seguir em frente na Taça de Portugal.

“O ano passado vivemos um sonho bonito, caímos com o Tondela. Este ano, começámos a prova com o mesmo sonho e a mesma ambição, de pelo menos chegar à fase do ano passado. Infelizmente calhou-nos o FC Porto nesta fase. É um adversário difícil, mas não é impossível. Sabemos que eles são favoritos, mas não nos vamos resignar a isso. Temos as nossas armas, os nossos adeptos e vamos à luta num ambiente que certamente nunca vivemos em Mafra”, anteviu o técnico de 43 anos.

Sobre o jogo com os campeões nacionais, Ricardo Sousa disse esperar um FC Porto na máxima força e acredita que Sérgio Conceição não vai facilitar por o adversário ser de uma liga inferior.

“O Sérgio não vem a Mafra facilitar e nós vamos à luta com o que temos. O FC Porto tem poucos pontos negativos e espero um FC Porto à imagem do Sérgio: reativo, muito agressivo e com muita qualidade individual no último terço”, disse o técnico mafrense.

Quanto ao Mafra, Ricardo Sousa referiu que a equipa vai ter uma abordagem diferente da que tem habitualmente contra os adversários da II Liga.

“Vamos ter de baixar linhas, defender compactos, tentar fazer passar o tempo, explorar o nervosismo do FC Porto que possa ir aparecendo e aproveitar algumas lacunas que também têm”, revelou.

A terminar a antevisão ao encontro, Ricardo Sousa admitiu que a equipa treinou grandes penalidades e afirmou que “era bom sinal para o Mafra chegar a essa discussão”.

O jogo da quarta eliminatória da Taça de Portugal entre Mafra e FC Porto, vencedor do troféu na última temporada, está agendado para terça-feira, no Estádio Municipal de Mafra, a partir das 20:45, e já tem lotação esgotada, com 2.400 adeptos nas bancadas.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.