A Missão de Portugal contestou junto do juiz de apelo a irregularidade que atrasou Marta Pen na terceira série das eliminatórias, que terminou no 10.º lugar, em 04.07,33 minutos.

“A atleta que estava à minha frente parou abruptamente, quando eu ia para o ‘sprint’ final e tive de parar e retomar a prova. Felizmente, não me aleijei”, descreveu Marta Pen, em declarações à agência Lusa, sobre o choque com a marroquina Rababe Arafi, na parte final da corrida.

Depois do 36.º lugar na estreia olímpica, no Rio2016, Marta Pen vai disputar uma das semifinais, na quarta-feira, a partir das 19:00 (11:00). A final está marcada para sexta-feira, às 21:50 (13:50).

De fora fica Salomé Afonso, que concluiu hoje a primeira série das eliminatórias dos 1.500 metros em 04.10,80 minutos. Estreante em Jogos Olímpicos, terminou no 13.º lugar na sua série, quando necessitava de ficar entre as seis primeiras classificadas – que se apuram diretamente - ou ser uma das seis mais rápidas entre as restantes atletas de todas as séries.

A atleta do Sporting, de 23 anos, que chegou aos Jogos Olímpicos com o 44.º lugar do ‘ranking’ de qualificação, tem como recorde pessoal nos 1.500 metros o tempo de 04.07,98 minutos, alcançado em 3 de junho.

As semifinais estão marcadas para quarta-feira, a partir das 19:00 (11:00), e a final para sexta-feira, às 21:50 (13:50).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.