Incubação e Cowork, Investimento Social (através de um fundo que apoiará projetos de empreendedorismo social), Avaliação do Impacto e Capacitação (através de programas de aceleração). Estes são os quatro pilares da Casa do Impacto, projeto promovido pela Santa Casa da Misericórdia e que tem como objetivo desenvolver e apoiar projetos de empreendedorismo social, começa por dizer-nos a diretora Inês Sequeira.

A diretora da Casa do Impacto esteve hoje no espaço do SAPO na Web Summit para conversar com Nuno Brito Jorge da GoParity, uma plataforma de crowdlending que permite que qualquer pessoa ou empresa apoiar organizações que querem dar o salto na área da sustentabilidade. "Qualquer pessoa, a partir de 50 euros, pode tornar-se um investidor com impacto", diz-nos o responsável da plataforma que desde a sua criação já apoiou mais de 10 projetos e movimentou mais de 1 milhão de euros.

Veja aqui a conversa entre a GoParity e a Casa do Impacto, moderada pela jornalista Inês F. Alves.

Siga o SAPO 24 no Facebook e acompanhe as nossas conversas.

(Notícia corrigida às 20h40)

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.